Cuidar da coluna durante a condução - Médicos de Portugal

A carregar...

Cuidar da coluna durante a condução

17 Novembro, 2014 0

Facilmente podemos constatar que para conduzir é muito importante assumir uma boa postura, já que a vibração do carro, o tempo em que se permanece sentado e o stress da condução provocam uma elevada sobrecarga sobre a coluna.

O problema associado às dores de costas tem uma prevalência tão grande que são várias as entidades e autores que se têm dedicado ao seu estudo. Destes podemos destacar, pela sua dimensão e impacto social, a Organização Mundial de Saúde. Esta instituição sugere que existem vários factores de risco para o aparecimento de dores nas costas: as posturas incorrectas por serem uma das causas mais comuns, porque somos pouco cuidadosos; a adopção de posturas estáticas por tempo prolongado, visto que qualquer postura mantida por tempo excessivo, seja de pé, sentado, ou outra, é prejudicial e o stress emocional.

No que concerne à postura saudável da coluna na condução, é fundamental ter alguns cuidados, que apresentamos no quadro ao lado. Estas são algumas das situações onde é importante prevenir para não ser surpreendido pelos problemas de coluna.

 

Existem outras regulações que podem servir de prevenção

Regulação do banco
A distância do banco aos pedais deve permitir que os calcanhares estejam apoiados, os joelhos semiflectidos e que os pés possam chegar e utilizar os pedais com um simples movimento de flexão. Se para utilizar os pedais precisar de se arrastar no banco, a sua posição não está adequada e a região lombar pode ser prejudicada. Tal situação, juntamente com a trepidação do automóvel, facilita o aparecimento de dores de coluna.

Regulação dos retrovisores
Estes devem ser regulados antes do carro estar em marcha. Estar bem regulado pressupõe que um pequeno movimento de olhos e/ou de cabeça seja suficiente para ver o trânsito que se encontra ao lado ou atrás do seu automóvel.

Regulação do encosto de cabeça
Este deve ser posicionado de forma a que em caso de colisão a cabeça não faça o movimento de chicote (movimento brusco da região do pescoço). O seu bordo superior deve ficar à altura do topo da cabeça. A distância entre a cabeça e o apoio deve ser de aproximadamente um punho fechado. Apesar do seu nome, encosto, este tem uma função de protecção e não de descanso. Assim, opte por não encostar a cabeça prolongadamente pois limita a mobilidade e visibilidade necessária durante a condução.

Não se esqueça que a PREVENÇÃO é a chave para evitar os problemas de coluna.

[Continua na página seguinte]

Entrar no carro

Contrariamente ao que habitualmente se faz, deve-se primeiro sentar e, só depois, passar as pernas para dentro, rodando sobre as nádegas, para não forçar a coluna. Para sair deve fazer-se o percurso inverso – retirar as pernas rodando-as para fora e ajudar com os braços para sair do automóvel.

É óbvio que sair ou entrar “mal” a curto prazo não traz problemas mas, tendo em conta que a coluna tende a degenerar com a idade, é melhor prevenir.

Páginas: 1 2 3

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.