Radicais livres: Manter as células saudáveis - Médicos de Portugal

A carregar...

Radicais livres: Manter as células saudáveis

6 Junho, 2014 0

Certamente já ouviu falar de radicais livres, mas… Sabe o que são? Quando falamos de radicais livres, estamos a referir-nos a elementos instáveis que constantemente se formam no organismo.

No entanto, se houver uma produção excessiva de radicais livres, eles podem tornar-se prejudiciais à saúde, podem danificar as células saudáveis com as quais entram em contacto e provocar lesões.

Uma produção excessiva destes elementos pode estar relacionada como vários fatores, associados ao estilo de vida atual, como stress, poluição, tabagismo, sedentarismo, o consumo excessivo de gorduras saturadas, açúcares ou bebidas alcoólicas. Esta situação pode contribuir para o envelhecimento precoce e para o desenvolvimento várias doenças, como diabetes, hipertensão, artrite, doenças cardiovasculares e oncológicas.

ANTIOXIDANTES, OS ALIADOS

Os antioxidantes são substâncias capazes de proteger o organismo dos processos de oxidação que constantemente se desenvolvem como consequência das agressões do dia-a-dia.

Estes processos de oxidação podem produzir os radicais livres, prejudiciais para as células.

BENEFÍCIOS DOS ANTIOXIDANTES PARA A SAÚDE

Os antioxidantes ajudam na prevenção de doenças cardíacas e de algumas doenças neurológicas, ao mesmo tempo que protegem o organismo de uma forma geral.

Estão presentes sobretudo na fruta e vegetais, mas há uma série de alimentos ricos em moléculas que retardam a oxidação das células.

Por isso, inclua na sua alimentação os citrinos, a cenoura, os frutos vermelhos, o chá, o cacau, a linhaça ou peixes ricos em Ómega 3 (como o salmão ou atum).

[CONTINUA NA PÁGINA SEGUINTE]

5 FACTORES A EVITAR

Existem alguns fatores, associados ao estilo de vida atual, que determinam uma produção exagerada de radicais livres

›› O stress, o tabagismo, a ausência de exercício físico e as escassas horas de sono prejudicam o nosso equilíbrio biológico

›› Muitas das refeições que fazemos são do tipo fast-food, outras são reaquecidas, o que reduz o teor em nutrientes

›› Abusamos dos fritos, dos alimentos ricos em açúcar e com elevado teor em gordura, em detrimento dos frutos, vegetais e cereais

›› Comemos demasiados alimentos pré-preparados e congelados, que contêm muitos conservantes e corantes químicos

›› As culturas intensivas dos solos, o uso de fertilizantes e inseticidas químicos e a poluição do ar e da água contribuem, também, para diminuir o valor nutritivo dos alimentos

No entanto, se houver uma produção excessiva de radicais livres, eles podem tornar-se prejudiciais à saúde, podem danificar as células saudáveis com as quais entram em contacto e provocar lesões.

Uma produção excessiva destes elementos pode estar relacionada como vários fatores, associados ao estilo de vida atual, como stress, poluição, tabagismo, sedentarismo, o consumo excessivo de gorduras saturadas, açúcares ou bebidas alcoólicas. Esta situação pode contribuir para o envelhecimento precoce e para o desenvolvimento várias doenças, como diabetes, hipertensão, artrite, doenças cardiovasculares e oncológicas.

ANTIOXIDANTES, OS ALIADOS

Os antioxidantes são substâncias capazes de proteger o organismo dos processos de oxidação que constantemente se desenvolvem como consequência das agressões do dia-a-dia.

Estes processos de oxidação podem produzir os radicais livres, prejudiciais para as células.

BENEFÍCIOS DOS ANTIOXIDANTES PARA A SAÚDE

Os antioxidantes ajudam na prevenção de doenças cardíacas e de algumas doenças neurológicas, ao mesmo tempo que protegem o organismo de uma forma geral.

Estão presentes sobretudo na fruta e vegetais, mas há uma série de alimentos ricos em moléculas que retardam a oxidação das células.

Por isso, inclua na sua alimentação os citrinos, a cenoura, os frutos vermelhos, o chá, o cacau, a linhaça ou peixes ricos em Ómega 3 (como o salmão ou atum).

[CONTINUA NA PÁGINA SEGUINTE]

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.