As pernas pesam? - Médicos de Portugal

A carregar...

As pernas pesam?

30 Junho, 2009 0

A sensação de pernas pesadas é muito comum, sobretudo entre as mulheres. Mas não deve ser ignorada, pois é muitas vezes o primeiro sinal de insuficiência venosa.

Quem, por força das suas obrigações profissionais, passa longas horas de pé sabe bem o que é a sensação de pernas pesadas. Sobretudo se houver pouco espaço para as movimentar. É o que acontece a quem trabalha em linhas de montagem ou aos empregados de balcão, por exemplo. E quem desempenha a sua profissão em ambientes muito quentes também está familiarizado com a mesma sensação. Que o digam os cozinheiros ou os trabalhadores de fornos industriais e fundições.

A postura vertical e o calor são, efectivamente, dois factores de risco para o fenómeno conhecido como pernas pesadas. Daí que esta sensação regresse a cada verão – quando está mais quente ou ao fim do dia, as pernas pesam como chumbo e apresentam-se inchadas. Um quadro que se agrava quando a exposição ao sol é intensa e prolongada.

É, pois, muito comum a sensação de pernas pesadas. E, de tão comum, acaba por ser ignorada, mas não deve: é que é o primeiro sinal de insuficiência venosa, uma doença em que as veias não conseguem fazer o seu trabalho, vencendo a lei da gravidade e levando o sangue de volta ao coração.

Vejamos como tudo acontece. No corpo humano, o sangue circula por dois tipos de vasos sanguíneos – as artérias, que levam o sangue enriquecido com oxigénio aos diversos tecidos do organismo, e as veias, que o transportam, carregado de detritos rejeitados pelas células, de regresso ao coração, para ser purificado. Este é um percurso ascendente, a partir dos pés, que se faz com a ajuda de músculos que impulsionam a subida do sangue.

Ao longo das veias existem válvulas que se fecham à passagem do sangue, evitando que ele retroceda. Mas quando as veias estão dilatadas, as extremidades das válvulas não se tocam e elas fecham mal, deixando o sangue venoso descer e acumular-se nas pernas, o que lhes confere a sensação de peso típica da insuficiência venosa.

Esta circulação deficiente acaba por favorecer a retenção de líquidos, podendo surgir edemas (zonas onde há maior acumulação de líquidos) sobretudo nos tornozelos e nos pés: ficam inchados e a sensação de peso aumenta.

Aliás, os pés sofrem duplamente: por um lado, suportam todo o peso do corpo e, por outro, costumam estar confinados a calçado que nem sempre é confortável e adequado ao esforço que lhes é exigido.

 

Culpa da vida moderna e não só

Existem veias superficiais e profundas e assim varizes destas veias. Quando as veias profundas estão afectadas, a dilatação não é visivel do exterior, sendo então a sensação de peso e edemas as manifestações evidentes que devem ser alvo de consulta médica. São várias as causas, nomeadamente associadas às condições de vida modernas.

O sedentarismo é o primeiro dos culpados, quer porque se pratica pouco ou nenhum exercício físico, quer porque as actividades laborais implicam que se passe muito tempo sentado ou em pé. Além disso, cada vez se viaja mais, o que corresponde a períodos prolongados de inactividade – no banco do automóvel ou no do avião, sem espaço para estender as pernas, o resultado é o mesmo…

Páginas: 1 2 3

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.