Entre pulos e brincadeiras das crianças » Perspectivas de saúde em debate na expo criança - Médicos de Portugal

A carregar...

Entre pulos e brincadeiras das crianças » Perspectivas de saúde em debate na expo criança

1 Maio, 2005 0

Em mais uma Expo Criança, que já conta com um histórico de seis edições, o auditório principal do Centro Nacional de Exposições, em Santarém, acolheu várias intervenções relacionadas com a saúde, cidadania e educação.

De entre vários painéis, o intitulado «Ambiente, Saúde e Cidadania: o papel da educação desde a infância», passou por várias abordagens de como se poderá alcançar a médio, ou mesmo longo prazo, bons hábitos de saúde.

A falta de tempo dos pais na nossa sociedade levam a que muitos filhos adoptem comportamentos rotulados de problemáticos, que não são mais do que uma chamada de atenção, um grito de ajuda destes. Assim, a tarefa de educar assume contornos de verdadeiras epopeias, com todas as condicionantes que daí advêm.

Por todos estes motivos, o pediatra Dr. José Manuel Sampaio, médico do Hospital Rainha Santa Isabel de Torres Vedras, defende que «a adolescência é um desafio, quer para os jovens, quer para os pais».

Mas há como dar a volta à situação. Acima de tudo, é necessário ter comportamentos que possam ser apontados como bons exemplos.

«Não adianta estar a dizer para não fumar tendo um cigarro na mão», defende o médico.

Dentro do mesmo painel, a Prof.ª Olímpia Cruz, da Escola Superior de Enfermagem de Santarém e Mestre em Ciências da Educação na área da Saúde, abordou a temática de como educar os hábitos de saúde.

«A orientação para a saúde centra–se, essencialmente, em ajudar a pessoa a tornar-se cada vez mais consciente e responsável, acreditando que a mudança é possível, mas que só ela própria poderá decidir quando e como mudar», referiu Olímpia Cruz.

Foi também apresentado um estudo estatístico que envolveu mais de cem alunos universitários, pertencentes ao primeiro ano da Escola Superior de Enfermagem de Santarém. De entre os vários elementos expostos e comentados pela Prof.ª Regina Ferreira, mestre em Psicologia Social e Organizacional e professora da referida escola, o que mais chamou a atenção foi que, apesar de toda a informação disponibilizada nos dias que correm, mais de 30% dos jovens inquiridos afirmam que têm uma actividade sexual sem qual tipo de preocupações de segurança.

Posteriormente, Manuela Vassalo, técnica superior do Instituto para a Higiene e Segurança no Trabalho, defendeu que a melhor forma de começar a prevenir os acidentes de trabalho é através da educação ainda na altura do liceu. Nesse seguimento, Conceição André, vice-presidente do Conselho Consultivo da Escola Básica Febo Moniz, em Santarém, explicou como estava a ser colocado em prática, juntamente com o Instituto de Higiene e Segurança no Trabalho, um plano educativo que visa ensinar às crianças os conceitos básicos de segurança no trabalho.

Visitas a fábricas, trabalhos práticos de segurança e saúde no trabalho, simulações de acidentes na escola, entre outras iniciativas, pretendem que segurança e saúde sejam questões básicas nas crianças de hoje, que serão os trabalhadores de amanhã.

Expo Criança,
o sucesso continua…

Entre os dias 5 e 13 de Março, o Centro Nacional de Exposições, em Santarém, organizou a sexta edição da Expo Criança, aquela que é, reconhecidamente, como a maior feira deste sector no nosso País.

Subordinado ao tema «Terra da Fantasia, o mundo que queremos», abordando assuntos como educação ambiental, cidadania, segurança infantil, ciência ou educação para a saúde, entre outros, o evento pretendeu ser um local de encontro, reflexão e discussão para todos os que estão, de uma forma ou outra, ligados às crianças.

Tal como nas edições anteriores, o certame esteve divido por três áreas: animação com teatros, actividades desportivas, jogos tradicionais, entre muitos outros, ciclo de conferências tratando de temáticas como «Educação e Autarquias – Edifícios escolares amigos do ambiente», «Ambiente, Saúde e Cidadania: o papel da educação desde a infância», «Fantasia como forma de pensar as emoções» e «Ser bebé», até à exposição de produtos e serviços, entre outros.

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.