Obstipação - Médicos de Portugal

A carregar...

Obstipação

28 Janeiro, 2007 0

A obstipação é uma alteração dos hábitos intestinais e que poucos gostam de referir. Dá sofrimento à pessoa afecta e causa embaraço. Mas se é um do grande número de pessoas das que sofrem de prisão de ventre fique a saber que existem formas de equilibrar e melhorar bastante tal situação penosa.

O que tem de entender e perceber é que o termo “funcionamento regular dos intestinos” é variável de pessoa para pessoa. Cada um possui o seu próprio ritmo natural e específico.

Se inquirir às pessoas o que é definir “regularidade do funcionamento” vai certamente obter várias respostas, mas essencialmente quatro, que refiro como principais: O normal funcionamento poderá ir de 3 vezes ao dia, até 3 vezes por semana, dependendo do tipo de pessoa, dos seus hábitos
alimentares, do sedentarismo, etc.

A obstipação está portanto como é óbvio dependente muitas vezes dos estilos de vida e alimentação, vagamente referidos atràs.

Deve consultar o médico nas seguintes situações:

» Uma súbita alteração dos hábitos intestinais.

» Prisão de ventre que dure mais que uma semana.

» Aparecimento de sangue nas fezes.

» Dores ao evacuar.

» Distensão anormal na região do ventre.

Alguns conselhos de ordem prática:

» Exercício físico (razão pela qual os que sofrem de sedentarismo e as pessoas acamadas por longos períodos sofrem bem mais de prisão de ventre).

» Beber líquidos é muito importante a ajudar e a aliviar a obstipação, sendo mais um factor adicional para a sua prevenção.

» Não puxe de mais. Se tem a vontade e o desejo de defecar em determinado momento, faço-o logo que possível (mas por questões de higiene muitas das vezes as pessoas rejeitam as casas de banho públicas, e também a sua vida agitada em stress não lhes permite dispensar alguns minutos para cumprir esta função fisiológica)

» É importante conhecer efeitos secundários da medicação que toma, pois muitos medicamentos usados no dia a dia provocam como efeito secundário a obstipação (caso dos antidepressivos)

» Alimentação rica em fibras e equilibrada (As aves, o peixe e a carne são alimentos ricos em fibras).

» Alimente-se de vários tipos de frutas e vegetais por dia (pelo menos numa quantidade de cinco).

» Ingira cereais essencialmente ao pequeno almoço

O que tem de entender e perceber é que o termo “funcionamento regular dos intestinos” é variável de pessoa para pessoa. Cada um possui o seu próprio ritmo natural e específico.

Se inquirir às pessoas o que é definir “regularidade do funcionamento” vai certamente obter várias respostas, mas essencialmente quatro, que refiro como principais: O normal funcionamento poderá ir de 3 vezes ao dia, até 3 vezes por semana, dependendo do tipo de pessoa, dos seus hábitos

alimentares, do sedentarismo, etc.

A obstipação está portanto como é óbvio dependente muitas vezes dos estilos de vida e alimentação, vagamente referidos atràs.

Deve consultar o médico nas seguintes situações:

» Uma súbita alteração dos hábitos intestinais.

» Prisão de ventre que dure mais que uma semana.

» Aparecimento de sangue nas fezes.

» Dores ao evacuar.

» Distensão anormal na região do ventre.

Alguns conselhos de ordem prática:

» Exercício físico (razão pela qual os que sofrem de sedentarismo e as pessoas acamadas por longos períodos sofrem bem mais de prisão de ventre).

» Beber líquidos é muito importante a ajudar e a aliviar a obstipação, sendo mais um factor adicional para a sua prevenção.

» Não puxe de mais. Se tem a vontade e o desejo de defecar em determinado momento, faço-o logo que possível (mas por questões de higiene muitas das vezes as pessoas rejeitam as casas de banho públicas, e também a sua vida agitada em stress não lhes permite dispensar alguns minutos para cumprir esta função fisiológica)

» É importante conhecer efeitos secundários da medicação que toma, pois muitos medicamentos usados no dia a dia provocam como efeito secundário a obstipação (caso dos antidepressivos)

» Alimentação rica em fibras e equilibrada (As aves, o peixe e a carne são alimentos ricos em fibras).

» Alimente-se de vários tipos de frutas e vegetais por dia (pelo menos numa quantidade de cinco).

» Ingira cereais essencialmente ao pequeno almoço

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.