Novo anestésico permite assistir casos clínicos considerados inoperáveis - Médicos de Portugal

A carregar...

Novo anestésico permite assistir casos clínicos considerados inoperáveis

24 Março, 2009 0

Um novo método de anestesia, classificado de “Ideal” pela comunidade médica, pode ser a solução para as situações clínicas consideradas “inoperáveis”. É o caso de pacientes idosos, que podendo necessitar de uma intervenção cirúrgica não têm capacidade física para suportar os efeitos secundários dos anestésicos tradicionais, ou doentes com limitações cardiovasculares graves, que não seja aconselhável estarem muitas horas sob o efeito químico da anestesia clássica.

Xénon 100% é um gás natural, sem químicos nem elementos tóxicos, não metabolizado pelo organismo e eliminado através dos pulmões. Garante um rápido despertar, independentemente do tempo de duração da anestesia, e acelera a recuperação do doente após a intervenção. Em Portugal, no espaço de quatro meses, já foram realizadas onze cirurgias com recurso ao Xénon 100%, todas nos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC). A curto prazo, o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, vai iniciar a utilização do produto.
“O Xénon 100% está a ter uma aceitação muito positiva por parte de todos os intervenientes: doentes, cuja recuperação pós-cirúrgica é muito mais célere; médicos, que têm possibilidade de realizar operações inexequíveis até ao momento; e gestores hospitalares, que conseguem agilizar o processo de permanência dos pacientes na instituição com as consequentes vantagens orçamentais. Além dos HUC e Santa Maria, há várias instituições interessadas em receber o produto. “, refere José Ribeiro, Director-Geral da ALM.

Xénon 100%, enquanto gás anestésico, é uma inovação da Air Liquide Medicinal (ALM). A empresa começou a investir na investigação e desenvolvimento da substância em 1998, com a realização de dois estudos clínicos multicêntricos que envolveram mais de 450 doentes. Até ao momento, o investimento na obtenção da Autorização de Introdução no Mercado (AIM) já ultrapassa 3 milhões de euros.

A ALM está presente em Portugal desde 1922 e desenvolve actividade na área da saúde em meio hospitalar e domícilio. A empresa está sedeada em Lisboa, conta com 100 colaboradores e mais de 20 mil clientes. A nível internacional, o Grupo ALM é líder no sector dos gases industriais, medicinais e equipamentos e serviços associados. Conta com cerca de 40 mil colaboradores, em 125 filiais de mais de 72 países. Na área medicinal serve mais de 5 mil hospitais e 300 mil pacientes em todo o mundo.

Grupo Inforpress

www.inforpress.com

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.