Insuficiencia venosa deve ser tratada desde os primeiros sintomas - Médicos de Portugal

A carregar...

Insuficiencia venosa deve ser tratada desde os primeiros sintomas

18 Abril, 2005 0

Cada vez se fala mais em insuficiência venosa no nosso país e em como pode ser uma doença grave, ate mesmo incapacitante, se não for tratada atempadamente.

Os números sobejamente conhecidos confirmam a discussão pública em torno da doença. Dois milhões de mulheres com mais de 30 anos sofrem de insuficiência venosa nos membros inferiores, pelo que esta deve especial atenção desde os sintomas iniciais.

A insuficiência venosa resulta de uma alteração estrutural do sistema venoso dos membros inferiores, em que as veias perdem a função de transportar o sangue venoso para o coração. O resultado que dai advém é uma acumulação de sangue não oxigenado nesses membros que pode levar, nomeadamente, ao aparecimento de varizes – o problema mais frequente relacionado com a circulação venosa.

Os problemas venosos não devem ser negligenciados dado que, para alem das varizes, poderão originar flebites, tromboses venosas profundas ou, em casos mais graves, úlceras de perna. Como tal, a pessoa deve estar atenta a sintomas como o peso e cansaço nas pernas no fim do dia e edema (inchaço) nos pés, muitas vezes associados a cãibras e comichões nas pernas.

Estes sintomas, ligados a uma forte carga hereditária, são um claro indicio de que tais situações podem vir a surgir, a curto ou longo prazo.

Felizmente, a grande maioria das pessoas, hoje em dia já tem consciência de que com esta doença não se “brinca””. A prova disso é que essa maioria já recorre à consulta da especialidade mais cedo e com a noção de prevenir uma doença que

se evoluir no tempo

lhe pode causar serias complicações

e não apenas como uma preocupação meramente estética.

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.