Tumor da bexiga: Diagnóstico precoce é a chave do sucesso - Página 3 de 3 - Médicos de Portugal

A carregar...

Tumor da bexiga: Diagnóstico precoce é a chave do sucesso

9 Maio, 2009 0

Os casos que não são detectados e/ou tratados precocemente, têm tendência a tornar-se invasivos e a disseminar localmente e à distância, assumindo um prognóstico sombrio.

Perante um tumor invasivo, é essencial a realização de exames, como a TAC abdominopélvica, a radiografia do tórax e, eventualmente a cintigrafia óssea para correcto estadiamento e exclusão de metastização à distância.

Nestes tumores, o tratamento passa, na maioria das vezes, por uma cirurgia radical com remoção de toda a bexiga e gânglios linfáticos regionais e/ou quimiorradioterapia.

A chave para o combate ao cancro da bexiga passa pela prevenção e pelo diagnóstico precoce. Evitar a exposição a factores de risco é uma das formas. Tratar adequadamente infecções urinárias e investigar precocemente a sua persistência, é outra.

A presença de hematúria num indivíduo com mais de 50 anos de idade ou a persistência de queixas irritativas, após o tratamento adequado de uma infecção, devem conduzir a uma investigação de uma possível neoplasia.

Páginas: 1 2 3

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.