Sono com qualidade! - Médicos de Portugal

A carregar...

Sono com qualidade!

11 Dezembro, 2014 0

Reservamos ao sono algumas horas do nosso dia, mas nem sempre lhe damos a devida importância. E só nos preocupamos quando não conseguimos dormir. Mas saiba que dormir, em quantidade e com qualidade, é essencial para a saúde.

Mais do que uma pausa

Durante muito tempo acreditou-se que dormir era apenas um intervalo de tempo em que o cérebro desligava e o corpo repousava. Mas dormir é muito mais do que uma pausa.

É vital para a saúde e para o nosso desempenho no dia-a-dia. O sono desenvolve-se por fases e em todas elas o cérebro mantém-se activo, comandando uma série de tarefas essenciais. Enquanto dormimos:

– é produzida a hormona do crescimento, que induz o crescimento nas crianças e nos adultos ajuda a formar massa muscular e a reparar células e tecidos;

– são fabricadas as hormonas que ajudam a combater infecções e outras que regulam o modo como o corpo utiliza a energia;

– são estimulados os centros nervosos que intervêm no raciocínio, na concentração e na memória.

 

E se não dormirmos o suficiente?

Quando se dorme pouco e mal aumenta o risco de:

– Diabetes, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares

– Excesso de peso e obesidade

– Depressão e abuso de substâncias que causam dependência

– Acidentes de viação

– Disfunções ao nível da percepção, concentração e capacidade de reacção. Não dormir tem um preço: quando o sono não é de qualidade nem suficiente, a probabilidade de tomarmos más decisões e de corrermos mais riscos aumenta. Já quando beneficiamos do número adequado de horas de sono, e com qualidade, pensamos com mais clareza, reagimos com mais rapidez, andamos mais bem dispostos e somos mais saudáveis.

Não é por acaso! O nosso organismo funciona por ciclos: em cada 24 horas, há um período em que estamos biologicamente programados para estar menos alerta e dormir.

Dormir é então preciso.

[Continua na página seguinte]

De quantas horas de sono precisamos?

As necessidades de sono variam de indivíduo para indivíduo, mas existem valores médios definidos em função da idade (ver tabela).

Sobre os idosos existe a ideia, incorrecta, de que necessitam de menos horas de sono. O que acontece é que têm mais dificuldade em conciliar o sono e acordam mais facilmente do que os adultos mais jovens.

 

VALORES MÉDIOS DE HORAS DE SONO / DIA

» Bebés: ± 18h

» Crianças até aos 5 anos: 12 a 14h

» Crianças em idade escolar: 10 a 11h

» Adolescentes: ± 9h

» Adultos: 7 a 9h

» Idosos: 7 a 9h

 

Sinais de noites mal dormidas

Uma noite ou outra mal dormida acontece a todos. Mas quando as noites sem dormir se sucedem podem afectar a saúde física e mental. Assim, se…

– sente cansaço com frequência, – adormece durante o dia,

– tem dificuldade em concentrar-se,

Páginas: 1 2 3

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.