Lifting Cervical - Médicos de Portugal

A carregar...

A região do pescoço tem muita influência no aspecto global da face. Para se obter um bom contorno de toda a face deve tentar-se obter um equilíbrio e harmonia global. A chamada “papada” ou duplo-queixo é um problema comum, tanto no sexo masculino como no feminino e é, em muitos caos, um dos primeiros sinais de envelhecimento.

A herança genética também tem importância na acumulação de gordura nesta região. Para a correcção deste aspecto, caso a pessoa seja relativamente jovem e possua uma pele com elasticidade suficiente para possibilitar a aderência da musculatura, a melhor solução pode passar por uma lipomodelação (vibroliposução/lipoaspiração/Smartlipo®).

Noutras situações, além da acumulação de gordura também existe uma flacidez cutânea marcada e/ou a presença de bandas platismais. Neste casos o problema só se resolve fazendo um lifting cervical.

Estes dois tipos de procedimentos podem ser realizados de formas isoladas ou em conjunto. Isso depende da avaliação do Cirurgião Plástico.

Nalgumas situações além destes procedimentos é necessário também intervir no resto da face. Salvo poucas excepções, o indivíduo que apresenta um pescoço flácido também apresenta um rosto flácido.

Deste modo a realização de apenas uma das cirurgias pode comprometer o resultado final. Na imensa maioria dos casos, não há maneira de acomodar o excesso de pele do pescoço sem se tratar, minimamente, os terços médio e inferior da face.

Qual momento ideal para realizar a cirurgia plástica de pescoço?

Não se pode dizer uma idade ideal para a realização destes procedimentos; pode estar indicado quando o contorno da face, pescoço e duplo-queixo passa a incomodar o paciente.

Quais os resultados possíveis com uma cirurgia plástica de pescoço?

Quer em relação ao lifting, quer á lipomodelação os resultados não são para sempre; caso haja alguma alteração ponderal (aumento) a situação existente pode surgir de novo; quanto ao lifting os resultados mantêm-se cerca de 10 anos.

Com a lipomodelção é possível remodelar o contorno da face tornando-o menos pesado e mais jovem. As cicatrizes necessárias são praticamente imperceptíveis.

Com o lifting é possível retirar o excesso de pele e flacidez, rejuvenescendo o rosto e propiciando o retorno do contorno facial.

As cicatrizes são pequenas e localizam-se na região da orelha.

Como é realizada a Cirurgia Plástica do Pescoço?

Tanto o lifting cervical como a lipoaspiração do duplo-queixo podem ser realizados no mesmo procedimento cirúrgico. Com primeiro consegue-se a suspensão do platisma (músculo do pescoço) e a tracção da pele.

Nos casos em que as bandas do músculo do pescoço estão separadas, devido à flacidez (aparência de duas pregas na vertical logo abaixo do queixo), também se tem que fazer uma plicatura do platisma e unir as bandas que se encontram afastadas. A incisão para a realização deste procedimento é colocada logo abaixo do queixo e, deste modo, é possível melhorar o ângulo cervical (pescoço).

O passo seguinte é retirar o excesso de gordura da região do mento por meio de uma lipoaspiração, deixando o queixo com um contorno mais definido. A incisão para a entrada da cânula da lipoaspiração, que é muito fina, pode ser no sulco mentoniano ou logo abaixo do lóbulo da orelha.

Páginas: 1 2 3

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.