Catarata - Médicos de Portugal

A carregar...

O que é uma catarata?
Uma catarata é uma diminuição da transparência do cristalino (a lente normalmente transparente do olho) Pode ser comparada a uma janela que é coberta de geada ou embaciada com vapor.

Há muitas ideias erradas a respeito da catarata. A catarata não é:
– uma película sobre o olho;
– causada por uso excessivo da visão;
– um cancro;
– passa de um olho para o outro;
– causa de cegueira irreversível.

Os sintomas comuns da catarata incluem:
– embaciamento indolor da visão;
– ofuscação ou sensibilidade à luz;
– mudança frequente de receita para óculos;
– dupla visão num olho;
– necessidade de luz mais forte para leitura;
– fraca visão nocturna;
– cores pouco nítidas.

Podem variar a quantidade e o padrão de enevoamento dentro da lente. Se este embaciamento não estiver próximo ao centro da lente, poderá não ter consciência da presença duma catarata.

O que causa a catarata?

O tipo mais comum de catarata é relacionado ao envelhecimento do olho. Entre as outras causas da catarata estão:
– história familiar;
– problemas médicos tais como diabetes;
– lesão ocular;
– medicamentos, tais como esteróides;
– cirurgia ocular prévia.

Em quanto tempo se desenvolve uma catarata?

A rapidez da evolução da catarata varia entre as pessoas e pode até mesmo variar entre os dois olhos. A maior parte das cataratas associadas com o envelhecimento progride gradualmente durante vários anos

Outras cataratas, particularmente em pessoas mais jovens e as portadoras de diabetes, podem avançar rapidamente no espaço de alguns meses, levando a uma deterioração da visão. Não é possível fazer uma previsão exacta do tempo do desenvolvimento das cataratas em determinado indivíduo.

A cirurgia constitui o único meio ao qual o seu oftalmologista pode recorrer para retirar a catarata. Contudo, se os sintomas da catarata forem brandos, é possível que melhore a sua visão apenas com a mudança de óculos.

Não há nenhum medicamento, suplemento dietético, exercício ou dispositivo óptico comprovadamente capaz de prevenir ou curar a catarata.

Como se detecta uma catarata?

Um cuidadoso exame feito pelo seu oftalmologista, pode detectar a presença e extensão de uma catarata, assim como de outras condições que estejam a produzir visão baça ou desconforto.

Pode haver outra razões para a perda visual além da catarata, sobretudo problemas no que diz respeito à retina ou ao nervo óptico. Caso tais problemas estejam presentes, a visão perfeita pode não ser recuperada após a remoção da catarata.

Quando deve ser feita uma cirurgia?

A cirurgia da catarata deve ser considerada quando as cataratas provocam tamanha perda de visão que as actividades quotidianas são prejudicadas.

Não é verdade que as cataratas precisem de estar ?maduras? para poderem ser retiradas.

Ao formar-se uma catarata a lente do olho torna-se espessa e enevoada. A luz não consegue atravessá-la com facilidade e a visão torna-se baça.

A cirurgia da catarata pode ser feita quando as suas necessidades visuais assim o exijam. O doente é que tem de decidir se consegue ver para executar os seus deveres, conduzir com segurança, ler e ver televisão com conforto. Consegue desempenhar as tarefas do dia a dia tais como cozinhar, fazer as compras, trabalhar no jardim e tomar os seus remédios sem dificuldade?

Baseado nos seus sintomas, você e o seu oftalmologista devem decidir em conjunto sobre a data mais conveniente para a cirurgia.

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.