Seis cidades portuguesas “movem-se pela esclerose múltipla” - Médicos de Portugal

A carregar...

Seis cidades portuguesas “movem-se pela esclerose múltipla”

19 Maio, 2009 0

27 de Maio de 2009 vai ser, pela primeira vez, o Dia Mundial da Esclerose Múltipla. Uma data criada pela Federação Internacional de Esclerose Múltipla com o objectivo de consciencializar a sociedade civil para a patologia. Em Portugal, o dia vai ser assinalado de forma inédita pelo Gang da Esclerose Múltipla, com um passeio, a pé e de bicicleta, em seis localidades: Lisboa, Porto, Aveiro, Évora, Sintra e Pinhal Novo.

“O objectivo é que toda a gente, portadora ou não da doença, participe. O importante é alertar a sociedade civil para a existência da patologia e, sobretudo, mostrar que os doentes de Esclerose Múltipla podem ter uma vida normal durante muitos e bons anos, desde que tenham o tratamento e acompanhamento médico adequados”, defende Inês Santos, do Gang da EM.

“Move-te pela Esclerose Múltipla” é o mote para uma caminhada de 3 kms e um passeio de bicicleta de 7 kms, com partida simultânea em cada cidade, às 19:00 horas. A inscrição, gratuita e obrigatória, pode ser feita em www.gangem.blogspot.com, onde estão disponíveis mais informações.

O I Dia Mundial da EM em Portugal tem a chancela institucional do Ministério da Saúde, Direcção-Geral de Saúde, Instituto Nacional de Reabilitação, Grupo de Estudos de Esclerose Múltipla e Associação Nacional de Esclerose Múltipla. A iniciativa conta com o apoio do projecto Rebicare, da Merck Serono, que procura acompanhar, orientar e informar os doentes de EM.

O Gang da EM é um grupo informal de auto-ajuda para portadores de Esclerose Múltipla (EM), que procura amenizar as maleitas da doença através da realização de actividades e convívio em conjunto. O grupo juntou-se há 6 anos, na Internet, contando já com 400 membros em Portugal Continental, Açores, Madeira e Brasil.

“O objectivo é que toda a gente, portadora ou não da doença, participe. O importante é alertar a sociedade civil para a existência da patologia e, sobretudo, mostrar que os doentes de Esclerose Múltipla podem ter uma vida normal durante muitos e bons anos, desde que tenham o tratamento e acompanhamento médico adequados”, defende Inês Santos, do Gang da EM.

“Move-te pela Esclerose Múltipla” é o mote para uma caminhada de 3 kms e um passeio de bicicleta de 7 kms, com partida simultânea em cada cidade, às 19:00 horas. A inscrição, gratuita e obrigatória, pode ser feita em www.gangem.blogspot.com, onde estão disponíveis mais informações.

O I Dia Mundial da EM em Portugal tem a chancela institucional do Ministério da Saúde, Direcção-Geral de Saúde, Instituto Nacional de Reabilitação, Grupo de Estudos de Esclerose Múltipla e Associação Nacional de Esclerose Múltipla. A iniciativa conta com o apoio do projecto Rebicare, da Merck Serono, que procura acompanhar, orientar e informar os doentes de EM.

O Gang da EM é um grupo informal de auto-ajuda para portadores de Esclerose Múltipla (EM), que procura amenizar as maleitas da doença através da realização de actividades e convívio em conjunto. O grupo juntou-se há 6 anos, na Internet, contando já com 400 membros em Portugal Continental, Açores, Madeira e Brasil.

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.