Prevenção do Cancro Oral - Médicos de Portugal

A carregar...

Prevenção do Cancro Oral

12 Junho, 2005 0

O que é prevenção de um tipo de cancro?

Prevenir o aparecimento de um tipo de cancro é diminuir as chances de que uma pessoa desenvolva essa doença através de acções que a afastem de factores que propiciem o desarranjo celular que acontece nos estágios bem iniciais, quando apenas algumas poucas células estão sofrendo as agressões que podem transformá-las em malignas. São os chamados factores de risco.

Além disso, outra forma de prevenir o aparecimento de cancro é promover acções sabidamente benéficas à saúde como um todo e que, por motivos muitas vezes desconhecidos, estão menos associadas ao aparecimento desses tumores.

Nem todos os cancros têm esses factores de risco e de protecção identificados e, entre os já reconhecidamente envolvidos, nem todos podem ser facilmente modificáveis, como a herança genética (história familiar), por exemplo.

Como se faz a prevenção do cancro oral?

O cancro oral é aquele que acomete a porção da garganta para frente, ou seja toda a parte visível da boca até os lábios. O seu local mais comum é o assoalho da boca, debaixo da língua, a porção lateral da língua e o palato mole.

Por isso mesmo é facilmente visível a olho nu tanto pelo próprio paciente quanto por dentista ou médico. Esse tipo de cancro acontece principalmente em pessoas que fumam cigarro, bebem bebida de álcool ou que mascam tabaco.

Os factores de risco e protecção para o cancro oral mais conhecidos e que podem ser modificados são:

Fumo.

O uso de tabaco em qualquer forma (fumando cigarro, charuto, cachimbo ou mascando) é responsável pela grande maioria desse tipo de cancro.

Quanto mais a pessoa fuma maior é o seu risco.

Não fumar é a forma mais eficaz de evitar esse tipo de cancro.

Os fumantes que param de fumar têm o seu risco reduzido grandemente já no primeiro ano de abstinência ao fumo. E esse risco se reduz progressivamente até praticamente se igualar aos que nunca fumaram em 10 anos, se a pessoa permanecer sem fumar.

O uso de maconha também está associado ao cancro oral.

Álcool.

O uso de bebida de álcool, principalmente quando associado ao fumo, também é um factor de risco importante para o cancro oral.

Quanto mais porções a pessoa ingere, maior é o seu risco.

Usar bebida de álcool com moderação ou evitar completamente a ingestão de álcool diminui o risco de desenvolver esse tipo de cancro, principalmente entre os fumadores.

Cerveja e destilados são os tipos de bebida de álcool mais comuns associados a esse tipo de cancro.

Dieta.

Uma dieta rica em fibras, com grande quantidade de frutas, legumes e verduras diminui o risco para o cancro oral, principalmente de pessoas que fumam.

Idade.

O cancro oral é raro antes dos 45 anos. Depois dessa idade a sua frequência aumenta, principalmente entre as pessoas de maior risco, como os fumantes.

Fazer visitas regulares ao dentista ou outros profissionais da área da saúde para fazer um exame da cavidade oral com o objectivo de detectar lesões precursoras desse tipo de cancro é particularmente importante após essa idade.

Tratar lesões pré-malignas diminui as chances de elas se desenvolverem e detectar precocemente esse tumor aumenta a sua chance de cura.

Exposição ao sol.

Proteger os lábios dos raios de sol mais fortes, entre as 10 e 16 horas, com protetor solar ou chapéu, pode diminuir o desenvolvimento de cancro do lábio inferior.

Infecção pelo Vírus do Papiloma Humano (HPV).

Alguns estudos sugerem que a infecção pelo HPV pode estar associada a um aumento do risco desse tipo de cancro, assim como do colo uterino.

Detectar a presença dessa infecção, tratá-la quando necessário e fazer exames regulares para diagnosticar alterações relacionadas com essa infecção ou com lesões pré-malignas podem diminuir o risco de desenvolver cancro oral.
Visite sempre o seu dentista ou profissional de saúde para fazer um exame da cavidade oral, principalmente se você fuma ou bebe bebida de álcool.

Perguntas que você pode fazer ao seu médico:

Como muita bala e chiclé. Isso aumenta o meu risco de ter cancro na boca?

Uso de prótese dentária. Será que isso aumenta o meu risco de ter cancro na boca?

Páginas: 1 2 3

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.