Farmácias iniciam campanha de vacinação contra a Gripe Sazonal - Médicos de Portugal

A carregar...

Farmácias iniciam campanha de vacinação contra a Gripe Sazonal

10 Setembro, 2009 0

As farmácias de todo o país vão arrancar, terça-feira, 15 de Setembro, com a campanha “Gripe Sazonal. Vacine-se na sua Farmácia”.

Esta iniciativa destina-se a contribuir para aumentar a cobertura vacinal, assegurada pela acessibilidade e distribuição geográfica das farmácias, ao mesmo tempo que garante a estabilidade da cadeia de frio, desde a produção da vacina até à administração ao doente. Da forma mais segura e conveniente, os utentes com prescrição médica, podem adquirir a vacina e contar com a sua administração num só local.

O sucesso da anterior campanha de vacinação contra a Gripe Sazonal nas farmácias, confirmado pela grande receptividade dos doentes a este novo serviço, levou ao desenvolvimento de uma nova campanha, que vai decorrer até 31 de Outubro. No entanto, a vacina contra a Gripe Sazonal será administrada nas farmácias aderentes durante todo o Outono e Inverno, até Março de 2010.

Para além do serviço de administração da vacina, as farmácias vão também aconselhar e referenciar para consulta médica, sempre que necessário, os doentes pertencentes a grupos de risco.

Os utentes com cartão do programa “Farmácias Portuguesas” vão poder usufruir do serviço de vacinação contra a Gripe Sazonal de forma gratuita, através do rebate de 60 pontos.

Os cuidados a ter com a Gripe A não devem fazer esquecer a necessidade de vacinação contra a Gripe Sazonal, de cujas complicações resulta, todos os anos, a morte de milhares de pessoas.

 

Satisfação dos utentes vacinados

Um estudo da satisfação dos utentes vacinados pelas farmácias, realizado pelo CEFAR – Centro de Estudos e Avaliação em Saúde, com o apoio da Sanofi Pasteur MSD, através de uma amostra constituída por 2 544 inquiridos, revela que o grau de satisfação com o serviço de vacinação contra a Gripe Sazonal, em 2008, foi superior a 95% em cada um dos aspectos avaliados.

O profissional que administrou o serviço regista o resultado mais alto na satisfação, 99,5 por cento. Seguem-se o horário, o tempo de espera, a experiência global do serviço prestado na farmácia, a privacidade e o aconselhamento prestado sobre a gripe e sobre a vacina

A avaliação de satisfação indica que 91,4 por cento dos utentes não precisaram de marcação prévia da vacina e que o tempo médio de espera foi de 5,1 minutos.

Sobre as razões de escolha da farmácia, 75,4 por cento refere a possibilidade de compra e administração da vacina no mesmo local, 31,1 por cento o facto conhecer o farmacêutico, 21,2 por cento a proximidade da farmácia à casa/local de trabalho, e 14 por cento o horário alargado da farmácia.

Por último, 97,9 por cento afirma que vai optar pela vacinação na farmácia nesta época gripal enquanto 98 por cento recomenda o serviço de vacinação na farmácia a familiares/amigos.

Esta iniciativa destina-se a contribuir para aumentar a cobertura vacinal, assegurada pela acessibilidade e distribuição geográfica das farmácias, ao mesmo tempo que garante a estabilidade da cadeia de frio, desde a produção da vacina até à administração ao doente. Da forma mais segura e conveniente, os utentes com prescrição médica, podem adquirir a vacina e contar com a sua administração num só local.

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.