Curso de Dor solidário com Moçambique - Médicos de Portugal

A carregar...

Curso de Dor solidário com Moçambique

7 Setembro, 2011 0

A Fundação Grünenthal, em parceria com a Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED), vai promover um curso de formação em Dor, direccionado a profissionais de saúde, nos dias 13 e 14 de Outubro, na sede da Fundação Champalimaud, em Lisboa.

As verbas angariadas na iniciativa, integrada nas comemorações da Semana Europeia da Luta Contra a Dor, revertem a favor do programa de apoio à formação teórica e prática dos profissionais de saúde na República de Moçambique, que vem sendo desenvolvido pela APED e pela organização internacional Douleur sans Frontières.

“Neste momento, o nosso objectivo prioritário, em Moçambique, é contribuir para a melhoria do diagnóstico, avaliação e tratamento da dor, através da promoção das competências dos profissionais de saúde nas Unidades de Dor das cidades de Maputo e da Beira, na província de Sofala e na província de Gaza”, refere Duarte Correia, presidente da APED.

E acrescenta: “A República de Moçambique requer uma atenção especial por ter uma população vulnerável, pela elevada prevalência da dor crónica, em particular nos doentes com HIV SIDA residentes nas zonas rurais de Gaza e Sofala, onde a dor constitui uma verdadeira calamidade”.
O curso de formação em Dor (Pain Management State of the Art), divulgado aos profissionais de saúde portugueses pela Fundação Grünenthal, teve início em 2004 e, até ao momento, já registou a participação de 3.500 profissionais de saúde, na sua maioria médicos, em todo o país.

“Com o nosso empenho e dedicação esperamos contribuir para que o panorama nacional, e agora a realidade em Moçambique, possam registar as necessárias e profundas melhorias de que tanto carecem, tanto ao nível da compreensão e entendimento do mecanismo da dor, como do seu tratamento”, explica Walter Osswald, presidente da Fundação Grünenthal.

As inscrições no curso têm um custo simbólico de 20 euros e podem ser feitas para o email: fundacaogrunenthal.pt@grunenthal.com

A Fundação Grünenthal é uma entidade sem fins lucrativos que tem por fim primordial a investigação e a cultura científica na área das ciências médicas, com particular dedicação ao estudo da dor e respectivo tratamento. Para mais informações consulte www.fundacaogrunenthal.pt

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor tem por objectivos promover o estudo, o ensino e a divulgação dos mecanismos fisiopatológicos, meios de prevenção, diagnóstico e terapêutica da dor. Para mais informações consulte www.aped-dor.com

As verbas angariadas na iniciativa, integrada nas comemorações da Semana Europeia da Luta Contra a Dor, revertem a favor do programa de apoio à formação teórica e prática dos profissionais de saúde na República de Moçambique, que vem sendo desenvolvido pela APED e pela organização internacional Douleur sans Frontières.

“Neste momento, o nosso objectivo prioritário, em Moçambique, é contribuir para a melhoria do diagnóstico, avaliação e tratamento da dor, através da promoção das competências dos profissionais de saúde nas Unidades de Dor das cidades de Maputo e da Beira, na província de Sofala e na província de Gaza”, refere Duarte Correia, presidente da APED.

E acrescenta: “A República de Moçambique requer uma atenção especial por ter uma população vulnerável, pela elevada prevalência da dor crónica, em particular nos doentes com HIV SIDA residentes nas zonas rurais de Gaza e Sofala, onde a dor constitui uma verdadeira calamidade”.
O curso de formação em Dor (Pain Management State of the Art), divulgado aos profissionais de saúde portugueses pela Fundação Grünenthal, teve início em 2004 e, até ao momento, já registou a participação de 3.500 profissionais de saúde, na sua maioria médicos, em todo o país.

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.