Consultório: Bem-estar sexual - Médicos de Portugal

A carregar...

Consultório: Bem-estar sexual

24 Janeiro, 2007 0

A minha mulher não tem apetite sexual! O freio ganha elasticidade ou pode partir-se? Estarei grávida? O Jornal do Centro de Saúde coloca este espaço à tua disposição para expores todas as tuas dúvidas sobre sexualidade. Quem responde é a Dra. Manuela Costa, sexóloga e professora universitária do Departamento de Psicologia da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

A minha mulher não tem apetite sexual!

Sou casado há quatro anos. A minha mulher, com 30 anos, demonstra diariamente o quanto me ama, e eu a ela, mas não tem apetite sexual. Temos relações sexuais uma ou duas vezes por mês, habitualmente sem penetração pois ela prefere só masturbação.

Já tentamos algumas variantes. Foi-lhe recomendado deixar de tomar a pílula. Mas, após seis meses, o apetite continuava praticamente nulo. A minha mulher diz-me que nem consegue pensar em sexo. O que podemos fazer? (27 anos, sexo masculino)

Resposta: A terapia sexual é a única aconselhada para o vosso caso. A situação deverá ser analisada inicialmente só com a sua esposa e posteriormente com o casal. É necessário averiguar qual é a fase de bloqueio da libido da sua companheira e ainda se essa ausência de desejo sexual sempre existiu convosco.

O freio ganha elasticidade ou pode partir-se?

Ainda sou virgem, mas já tive oportunidade de começar a minha vida sexual. Tenho uma dúvida sobre aquele pequeno “fio” que liga a glande à pele. Esse “fio”, no começo da actividade sexual, parte-se ou só ganha elasticidade? (16 anos, sexo masculino)

Resposta: O “fio” a que te referes chama-se freio, normalmente vai adquirindo elasticidade, e por vezes rasga nas primeiras relações sexuais. Se nenhuma destas situações ocorrer e o freio te provocar desconforto poderás então ir a uma consulta de urologia, onde de uma forma simples, através de uma pequena incisão cortando o freio, te poderão resolver essa situação.

Estarei grávida?

Tomo a pílula. Após o ciclo de 21 comprimidos, se a menstruação não aparecer é sinal de gravidez? Tenho medo de fazer o teste sem antes estar mentalizada do que posso esperar…

Resposta: O efeito da pílula contraceptiva é o de provocar a inibição do ciclo ovulatório, ou seja, o que ocorre não é o período menstrual, mas sim um fluxo sanguíneo por privação hormonal. Dado que a pílula que está a tomar é de 21 dias e não de 28, durante os 7 dias a terminar deverá processar-se esse fluxo sanguíneo. Contudo, por vezes quando a pílula contraceptiva não é a adequada à fisiologia, à idade ou à história clínica da utente podem ocorrer efeitos adversos como por exemplo a ausência do referido fluxo.

Teoricamente a eficácia da pílula contraceptiva quando adequada e tomada correctamente, sem esquecimentos, é de cerca de 98-99%, sendo portanto muito reduzida a margem de risco. O meu conselho é que se essa situação se mantiver deve fazer um teste de gravidez 15 dias após os 28 dias. Antes disso o teste não é fiável.

Este espaço é teu! Envia as tuas questões para consultorio@jornaldocentrodesaude.pt

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.