A DIABETES » Conselhos do Instituto Nacional de Cardiologia Preventiva - Prof. Fernando Pádua - Médicos de Portugal

A carregar...

A DIABETES » Conselhos do Instituto Nacional de Cardiologia Preventiva – Prof. Fernando Pádua

30 Julho, 2005 0

1. Convém que saiba que a diabetes é uma doença em que, por metabolismo anormal devido à falta insulina ou por resistência à sua acção, sobe o açucar no sangue, aparece na urina e, se não for bem tratada, vem a complicar-se com lesões cardiovasculares (angina de peito, enfarte do miocárdio, insuficiência vascular cerebral), dos vasos da retina (perda de visão, dos nervos (neuropatia diabética), dos rins (piolonefrite, hipertensão arterial e esclerose renal) e dos membros inferiores (claudicação intermitente ou gangrena).

Em diabetes mais graves ou em doentes menos cuidadosos com o seu tratamento, podem ainda surgir situações de perda de consciencia (comas acidótico, hipersmolar ou hipoglicémico).

2. Convém também saber que há três tipos diferentes de diabetes:

a) diabetes insulino-dependente, de causa ainda mal conhecida, e de diagnóstico clínico laboratorial, que aparece em idades jovens, e obriga a tratamento constante com insulina: exige o acompanhamento por médico competente nesta disciplina, mas uma vez o doente educado, ele pode aprender a controlar a sau doença, auto-analizar-se, evitar a maior parte dos riscos, e fazer uma vida quase normal.

b) diabetes não insulino-dependente, que aparece no adulto, via de regra depois dos 40 anos, com causas múltiplas favorecedoras que são conhecidas, e que por isso permitem fazer a sua prevenção, felizmente com estilos de vida e atitudes e comportamentos semelhantes aos que recomendamos para as doenças cardiovasculares***, que aliás frequentemente acompanham:
· evitar obesidade
· aumentar a actividade fisica
· reduzir a quantidade de gorduras, e de açucar
· reduzir a ingestão de sal
· não fumar!

O diagnóstico faz-se pela verificação do aumento do açucar no sangue (glicémia) ou aparecimento na urina (glicosúria em analises ocasionais pedidas pelo médico, ou, mais precocemente, se incluirmos as analises de glicémia e/ou glicémia pós pradial no check-up obrigatório em familiares de diabéticos ou em doentes cardiovasculares ou em pessoas com colesterol ou triglicéridos elevados.

Numa fase inicial da doença pode só haver “tolerância diminuida à glicose”” sem hiperglicémia nem glicosúria.

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.