Aumento dos Lábios - Médicos de Portugal

A carregar...

Aumento dos Lábios

15 Setembro, 2014 0

O aumento de volume dos lábios tornou-se nos últimos anos cada vez mais popular. Os lábios encontram-se numa posição de tal destaque que, por vezes, a sua alteração desperta mais a atenção do que qualquer outra intervenção na face.

Cada vez mais uns lábios volumosos são sinal de juventude e de sensualidade.
Os lábios podem ser perfeitamente esculpidos. Pode obter-se um aspecto mais cheio, com maior projecção ou apenas um aumento/realce do bordo róseo.
A zona á volta dos lábios também pode ser tratada na sua globalidade para se obter um melhor aspecto geral. As linhas periorais e as comissuras orais podem ser perfeitamente alisadas tal como os sulcos nasogenianos (sulcos que vão do nariz para a boca).

Quer tenha tido sempre lábios finos, ou queira recuperar a forma e volume que os seus lábios tiveram em jovem, um aumento de lábios pode permitir-lhe ter o aspecto que quer.
Se está insatisfeito com os seus lábios, este procedimento permite-lhe melhorar o seu aspecto e auto-imagem.
Existem diferentes opções disponíveis, vários tipos de procedimento e uma variedade enorme de materiais que podem ser utilizados.

Apesar de ser um procedimento minimamente invasivo tem os seus riscos e existem limitações.
Existem várias possibilidades para aumentar os lábios, cada um com vantagens e limitações específicas.
O aumento de lábios envolve a colocação de materiais sintéticos ou naturais.
Outras técnicas, cirúrgicas, utilizam tecidos de dentro do lábio para fora, mas implicam cicatrizes.
Alguns destes procedimentos dão resultados que se mantêm um período maior (2 anos), enquanto outros são temporários.

O procedimento é realizado sob anestesia local e consiste na introdução nos lábios, com auxilio de uma agulha, de diversos produtos de natureza sintética . As substâncias mais utilizadas são o acido hialurónico e o gel de poliacridamida.

[Continua na página seguinte]

O ácido hialurónico ( Restylane®, Perlane®) é usado para aumentar temporariamente os lábios.

Uma das maiores vantagens do ácido hialurónico é o facto de ser idêntico em todos os organismos vivos, tornando-o altamente biocompatível. Por isso nenhum teste cutâneo é necessário. Este produto embora faça parte da pele humana, é modificado sinteticamente. Estes produtos são injectados no lábio com agulhas finas em regra , com anestesia local e/ou tópica.

Existem alguns riscos, como em todos os procedimentos, sendo os mais frequentes a inflamação persistente e abcessos (estéreis) que podem persistir durante algum tempo ou até o produto ser reabsorvido na totalidade.

 

O gel de poliacridamida (Aquamid®), surgiu mais recentemente, apresentam-se como um gel transparente e injectável que permite a correcção de deficiências de tecido mole permitindo aumentar os tecidos para darem resultados de maior duração. Após a injecção uma camada fina de tecido conjuntivo envolve o gel, permitindo que ele se converta numa parte estável dentro do tecido conjuntivo. Devido a esta estabilidade e a fina camada de tecido conjuntivo, as acrilamidas podem ser retiradas cirurgicamente durante os primeiros 6 meses depois da injecção. Podem realizar-se mais infiltrações se necessário.

 

Existem outras possibilidades para se proceder ao aumento dos lábios como seja a colocação de fascia preservada, Gore-Tex® ou outros materiais. Estes materiais são colocados, como tiras sob a pele á volta dos lábios e ao longo dos sulcos nasogenianos ( as linhas que vão do nariz para a boca) com o objectivo de melhorar o seu aspecto. São implantes duráveis e estáveis mas de utilização limitada, nomeadamente nos casos de pele fina em que o implante pode ser palpado debaixo da pele. Também não deve ser usado nos lábios devido ao facto de serem rigidos, tornando a boca com um aspecto não natural.

Páginas: 1 2 3 4 5

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.