Doença obstrutiva crónica é prevenível e tratável - Médicos de Portugal

A carregar...

Doença obstrutiva crónica é prevenível e tratável

2 Março, 2008 0

O objetivo principal do GOLD – uma iniciativa da OMS para a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) – é o de aumentar a conscientização entre os profissionais da área da saúde e o público em geral sobre a DPOC.

As definições anteriores de DPOC centravam-se no “Enfisema” e na “Bronquite Crónica”. Estes conceitos não fazem, hoje em dia, parte da definição de DPOC, tal como é apresentada pelo GOLD.

A bronquite crónica é definida pela produção de muco e tosse por um período mínimo de três meses por ano, considerando dois anos consecutivos. Esta definição não reflecte o grande impacto da obstrução ao fluxo aéreo na morbilidade e mortalidade nos doentes com DPOC.

Aproveitamos para lembrar que a tosse e a produção de muco podem preceder durante anos o desenvolvimento de limitação do fluxo aéreo. Por outro lado, há fumadores que desenvolvem obstrução brônquica significativa sem que refiram tosse crónica ou expectoração.

O conceito de enfisema é o de destruição das paredes bronquiolares (brônquios mais finos) e alveolares. A noção popular de enfisema é a de que se trata de uma patologia grave, incapacitante e mortal. Pois, na DPOC, a regra é “nem oito, nem oitenta”.

Na verdade, nem a tosse “de fumador”, nem a produção habitual de expectoração são inocentes, dado precederem a obstrução brônquica, acompanhando-a no seu carácter progressivo. Depois, muitos doentes com DPOC têm uma componente enfisematosa variável, sem sofrer do estigma do enfisema fatal.

Daí não devermos criar uma imagem excessivamente negativa para a DPOC. A doença é prevenível e tratável. O carácter progressivo com que é conotada advem da contínua exposição aos irritantes tóxicos, com destaque para o fumo do tabaco.

Está largamente comprovado que a cessação tabágica é a medida de maior benefício e maior eficácia no controlo da evolução da doença.

A espirometria é essencial para o diagnóstico de DPOC e informa do grau de gravidade da doença. Infelizmente, a acessibilidade à espirometria ainda é muito limitada nos Centros de Saúde. A Sociedade Portuguesa de Pneumologia, com o patrocínio da Pfizer e da Boerhinger, tem vindo a efectuar rastreios a fumadores com mais de 40 anos pelo país. Estamos muito próximo dos 5000 exames efectuados. Se é fumador e se deparar com uma carrinha PNEUMOBIL aproveite e faça o seu rastreio de DPOC.

Não esqueça: conheça a DPOC antes que a DPOC se dê a conhecer.

Prof. António José Segorbe Luís

Presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia

Jornal do Centro de Saúde

www.jornaldocentrodesaude.pt

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.