ALERGIA - a doença da estação !!! - Médicos de Portugal

A carregar...

ALERGIA – a doença da estação !!!

15 Maio, 2006 0

O QUE É A ALERGIA ? A alergia faz parte de um grupo de doenças que têm origem numa reacção excessiva e inadequada do sistema imunitário aos antigénios.

Fazem parte deste grupo de doenças alérgicas, a conjuntivite e rinite alergicas, a asma, a urticária, a dermatite atópica (eczema) entre outras.

Nos últimos tempos tem-se assistido a um aumento crescente deste tipo de patologia, constituindo nos países industrializados um importante problema de saúde. As mudanças nas condições de vida e os factores ambientais são responsabilizados por este aumento. De acordo com a “hipótese higiénica”a ausência ou diminuição de factores microbianos estimulantes do sistema imunitário, no início da vida da criança, através da utilização de alimentos esterilizados, de antibióticos, de vacinas e afins facilitam o desenvolvimento de reacções alérgicas.

Alergenios inalados exteriores e interiores

De entre os alergénios exteriores inalados destacam-se os contidos nos pólens,nas sementes e nos esporos, sendo que nos interiores, uma das principais fontes ,em todas as casas é o ácaro do pó da casa.

Nos alergénios interiores, os animais domésticos são a segunda fonte mais comum.

PREVENÇÃO PRIMÁRIA

A carga genética tem uma enorme influência, continuando a ser a história familiar o melhor factor predictivo do “risco”. Sabe-se que uma criança com um progenitor alérgico tem 40-60% de risco de desenvolver alergia, enquanto que este risco aumenta para 60-80% no caso dos dois progenitores serem alérgicos.

Deve-se encorajar a amamentação exclusiva até aos 4-6 meses e se tal não for possível a alimentação deverá ser feita recorrendo a fórmulas de leite hidrolisado. O atraso na introdução de alimentos sólidos até aos 4-6 meses tem igualmente um efeito protector, relativamente ao aparecimento da doença alérgica.

Há evidência de que o tabagismo materno durante a gravidez pode aumentar o risco alérgico do bebé.

Embora seja impossível eliminar por completo o contacto do individuo alérgico com os alergénios inalados, há medidas que podem ser tomadas para diminuir o risco.

Evicção do alergeno:

-Aspirar e limpar o pó diariamente

-Não ter no quarto peluches, tapetes ou edredão de penas.

-Na época da polinização não abra as janelas ao entardecer- é a altura do dia em que há mais pólen no ar .

-Na época da polinização evite passear no campo, andar de bicicleta e viajar com as janelas do carro abertas.Não utilize ventiladores (excepto aqueles com filtros para pólens) .

– Não ter animais domésticos .

Além da evicção fazem parte do tratamento a farmocoterapia e a imunoterapia alergénica

Dr.ª Anabela Arsénio Ruivo
Médica da Clínica das Conchas

Club Clínica das Conchas

www.clinicadasconchas.pt

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.