18 Nov.: Dia Mundial da Pesquisa do Cancro - Médicos de Portugal

A carregar...

18 Nov.: Dia Mundial da Pesquisa do Cancro

18 Novembro, 2010 0

A investigação oncológica tem permitido enormes progressos na prevenção, diagnóstico e tratamento do cancro. A Liga Portuguesa Contra o Cancro tem apoiado centros nacionais de excelência na investigação científica, quer através de patrocínios, quer disponibilizando bolsas que permitam o desenvolvimento de projectos inovadores e com aplicação clínica.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro disponibiliza em 2010 292.500€ para investigação e 65.000€ para formação de profissionais de saúde. Em 2009, o investimento da LPCC em investigação chegou aos 280.932,56€. Os Núcleos Regionais da Liga têm proporcionado as condições necessárias para que centros universitários, instituições hospitalares e outras desenvolvam a investigação na área do cancro.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro criou uma Bolsa de Investigação Clínica e/ou Epidemiológica na área de oncologia, no valor de cinco mil euros, que será atribuída anualmente, com possibilidade de renovação por mais um ano. A esta Bolsa podem concorrer cidadãos portugueses com idade até trinta e cinco anos inclusive, licenciados por universidades nacionais e internacionais reconhecidas e cuja actividade no âmbito da oncologia esteja ligada a Instituições Nacionais. As candidaturas devem ser enviadas, até 31 de Dezembro de 2010, para os Serviços Administrativos da LPCC, em Lisboa. O regulamento desta Bolsa de investigação está disponível em: www.ligacontracancro.pt. 

O Plano Nacional de Saúde 2004-2010 considera as doenças oncológicas como uma prioridade na Saúde. Actualmente, o cancro é a segunda maior causa de morte em Portugal a seguir às doenças cardiovasculares. Os planos oncológicos são essenciais para melhorar a qualidade dos tratamentos, intensificar os rastreios e a investigação. Um terço dos casos de cancro podem ser evitados através da prevenção sendo o tabagismo, a obesidade, o sedentarismo e o álcool os principais factores de risco.

 

A Liga Portuguesa Contra o Cancro disponibiliza em 2010 292.500€ para investigação e 65.000€ para formação de profissionais de saúde. Em 2009, o investimento da LPCC em investigação chegou aos 280.932,56€. Os Núcleos Regionais da Liga têm proporcionado as condições necessárias para que centros universitários, instituições hospitalares e outras desenvolvam a investigação na área do cancro.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro criou uma Bolsa de Investigação Clínica e/ou Epidemiológica na área de oncologia, no valor de cinco mil euros, que será atribuída anualmente, com possibilidade de renovação por mais um ano. A esta Bolsa podem concorrer cidadãos portugueses com idade até trinta e cinco anos inclusive, licenciados por universidades nacionais e internacionais reconhecidas e cuja actividade no âmbito da oncologia esteja ligada a Instituições Nacionais. As candidaturas devem ser enviadas, até 31 de Dezembro de 2010, para os Serviços Administrativos da LPCC, em Lisboa. O regulamento desta Bolsa de investigação está disponível em: www.ligacontracancro.pt. 

O Plano Nacional de Saúde 2004-2010 considera as doenças oncológicas como uma prioridade na Saúde. Actualmente, o cancro é a segunda maior causa de morte em Portugal a seguir às doenças cardiovasculares. Os planos oncológicos são essenciais para melhorar a qualidade dos tratamentos, intensificar os rastreios e a investigação. Um terço dos casos de cancro podem ser evitados através da prevenção sendo o tabagismo, a obesidade, o sedentarismo e o álcool os principais factores de risco.

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.