Associação Portuguesa de Psoríase lança site para estar mais perto de doentes e familiares - Médicos de Portugal

A carregar...

Associação Portuguesa de Psoríase lança site para estar mais perto de doentes e familiares

6 Abril, 2007 0

A Associação Portuguesa da Psoríase (PSO Portugal), no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde, acaba de apresentar o seu novo site em www.psoportugal.com num evento que contou com a presença de Ana Bastos, representante do Alto Comissariado da Saúde, do Dr. Francisco Menezes Brandão, Presidente da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venerologia, João Cunha, Presidente da PSO Portugal e a jornalista Iva Domingues, enquanto doente de Psoríase.

O lançamento deste novo site representa uma forma fácil e acessível de comunicar com doentes, amigos, familiares ou simplesmente pessoas que procuram informação sobre a doença e sobre a associação nacional. À distância de um clique, os cibernautas poderão consultar artigos médicos sobre a Psoríase, informação sobre a doença, as terapêuticas existentes ou mesmo os avanços mais recentes nesta área.

www.psoportugal.com é um novo meio para alertar, despertar, ajudar e sensibilizar os cibernautas portugueses para a psoríase e apoiar as pessoas que sofrem desta doença.

Para João Cunha, Presidente da PSO Portugal, “Esta forma de comunicação será muito importante para os doentes de psoríase, uma vez que a informação chegará de uma forma rápida e massificada.”

A psoríase é uma doença crónica da pele, não contagiosa, que afecta mais de 250 mil portugueses. O seu aspecto, extensão, evolução e gravidade são muito variáveis, caracterizando-se, geralmente, pelo aparecimento de lesões vermelhas, espessas e descamativas, nos cotovelos, joelhos, região lombar e couro cabeludo. Nos casos mais graves, estas lesões podem cobrir extensas áreas do corpo.

Actualmente, ainda não existe cura para a psoríase mas uma pessoa que sofra desta doença gasta mensalmente entre 200 a 3000 euros em medicamentos e cremes hidratantes que lhe permite melhorar a sua qualidade de vida.

A PSOPortugal foi formalmente constituída em Fevereiro de 2005, como resultado da união de um conjunto de pessoas que, em 2004, se cruzou e sentiu a necessidade de criar uma associação que defendesse, apoiasse e desse voz aos doentes nacionais de psoríase.

O lançamento deste novo site representa uma forma fácil e acessível de comunicar com doentes, amigos, familiares ou simplesmente pessoas que procuram informação sobre a doença e sobre a associação nacional. À distância de um clique, os cibernautas poderão consultar artigos médicos sobre a Psoríase, informação sobre a doença, as terapêuticas existentes ou mesmo os avanços mais recentes nesta área.

www.psoportugal.com é um novo meio para alertar, despertar, ajudar e sensibilizar os cibernautas portugueses para a psoríase e apoiar as pessoas que sofrem desta doença.

Para João Cunha, Presidente da PSO Portugal, “Esta forma de comunicação será muito importante para os doentes de psoríase, uma vez que a informação chegará de uma forma rápida e massificada.”

A psoríase é uma doença crónica da pele, não contagiosa, que afecta mais de 250 mil portugueses. O seu aspecto, extensão, evolução e gravidade são muito variáveis, caracterizando-se, geralmente, pelo aparecimento de lesões vermelhas, espessas e descamativas, nos cotovelos, joelhos, região lombar e couro cabeludo. Nos casos mais graves, estas lesões podem cobrir extensas áreas do corpo.

Actualmente, ainda não existe cura para a psoríase mas uma pessoa que sofra desta doença gasta mensalmente entre 200 a 3000 euros em medicamentos e cremes hidratantes que lhe permite melhorar a sua qualidade de vida.

A PSOPortugal foi formalmente constituída em Fevereiro de 2005, como resultado da união de um conjunto de pessoas que, em 2004, se cruzou e sentiu a necessidade de criar uma associação que defendesse, apoiasse e desse voz aos doentes nacionais de psoríase.

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.