Dia Mundial do Cancro do Rim – 13 de Março: Tabagismo é o principal factor de risco - Médicos de Portugal

A carregar...

Dia Mundial do Cancro do Rim – 13 de Março: Tabagismo é o principal factor de risco

12 Março, 2008 0

O Director do Serviço de Urologia do Centro Hospitalar de Setúbal, Dr. Amaral Canelas, opera todos os anos 20 a 25 doentes com este tumor e diz que “até ao momento os estudos efectuados identificaram com segurança um único factor de risco no cancro do rim: o tabagismo. Quanto maior for o tempo de exposição ao tabaco, maior é o risco de desenvolver a patologia”.

Componentes químicos do tabaco provocam alterações das células e predispõem à formação do tumor do rim. Homens são os mais afectados.

O Director do Serviço de Urologia do Centro Hospitalar de Setúbal, Dr. Amaral Canelas, opera todos os anos 20 a 25 doentes com este tumor e diz que “até ao momento os estudos efectuados identificaram com segurança um único factor de risco no cancro do rim: o tabagismo. Quanto maior for o tempo de exposição ao tabaco, maior é o risco de desenvolver a patologia”.

“A mortalidade devida a estes tumores não tem diminuído significativamente, levando a crer que factores ambientais, dietéticos, hábitos tabágicos e outros, possam estar envolvidos na génese desta doença. Os homens são os mais afectados e devido à evolução imprevisível deste tumor os doentes ficam sob vigilância para o resto da sua vida”, explica Armando Canela.

Entre os sintomas estão a perda de sangue pela urina. Amaral Canelas aconselha “perante qualquer perda de sangue pela urina deve consultar o seu urologista para uma investigação da causa do problema. Actualmente, o uso cada vez mais generalizado da ecografia e da tomografia axial computorizada (TAC) permite detectar com maior facilidade esta doença. O tratamento de eleição, quando detectada a doença, é a extracção do rim através de cirurgia aberta ou laparoscópica (uma técnica menos invasiva)”.

Recentes desenvolvimentos no estudo deste tipo de tumor têm permitido novas abordagens terapêuticas, como por exemplo, o uso de fármacos que podem constituir vias promissoras no tratamento do Carcinoma de Células Renais já com metástases.

Na véspera do Dia Mundial do Cancro do Rim é importante lembrar que os tumores renais representam 3% de todos os tumores malignos do adulto. Os carcinomas de células renais apresentam uma incidência global de 8,7 casos por ano por 100 mil habitantes sendo a 3ª neoplasia urológica mais frequente.

Componentes químicos do tabaco provocam alterações das células e predispõem à formação do tumor do rim. Homens são os mais afectados.

O Director do Serviço de Urologia do Centro Hospitalar de Setúbal, Dr. Amaral Canelas, opera todos os anos 20 a 25 doentes com este tumor e diz que “até ao momento os estudos efectuados identificaram com segurança um único factor de risco no cancro do rim: o tabagismo. Quanto maior for o tempo de exposição ao tabaco, maior é o risco de desenvolver a patologia”.

“A mortalidade devida a estes tumores não tem diminuído significativamente, levando a crer que factores ambientais, dietéticos, hábitos tabágicos e outros, possam estar envolvidos na génese desta doença. Os homens são os mais afectados e devido à evolução imprevisível deste tumor os doentes ficam sob vigilância para o resto da sua vida”, explica Armando Canela.

Entre os sintomas estão a perda de sangue pela urina. Amaral Canelas aconselha “perante qualquer perda de sangue pela urina deve consultar o seu urologista para uma investigação da causa do problema. Actualmente, o uso cada vez mais generalizado da ecografia e da tomografia axial computorizada (TAC) permite detectar com maior facilidade esta doença. O tratamento de eleição, quando detectada a doença, é a extracção do rim através de cirurgia aberta ou laparoscópica (uma técnica menos invasiva)”.

Recentes desenvolvimentos no estudo deste tipo de tumor têm permitido novas abordagens terapêuticas, como por exemplo, o uso de fármacos que podem constituir vias promissoras no tratamento do Carcinoma de Células Renais já com metástases.

Na véspera do Dia Mundial do Cancro do Rim é importante lembrar que os tumores renais representam 3% de todos os tumores malignos do adulto. Os carcinomas de células renais apresentam uma incidência global de 8,7 casos por ano por 100 mil habitantes sendo a 3ª neoplasia urológica mais frequente.

Páginas: 1 2

ÁREA RESERVADA

|

Destina-se aos profissionais de saúde

Informações de Saúde

Siga-nos

Copyright 2017 Médicos de Portugal por digital connection. Todos os direitos reservados.